Cientistas descobrem transmissor de vírus que infectou apenas duas pessoas

Pesquisadores provaram que carrapatos são os responsáveis por doença vista em 2009 nos EUA

Três anos depois de um vírus misterioso infectar dois fazendeiros americanos, cientistas conseguiram traçar sua origem pela primeira vez e descobriram que carrapatos são os principais responsáveis pela transmissão da doença. O vírus foi descoberto em 2009 em dois homens do Estado americano do Missouri: as duas únicas pessoas infectadas de que se tem registro. Os pesquisadores alertam que a área ainda apresenta risco de infecção, e humanos devem tomar cuidado. O estudo foi publicado na edição desta segunda-feira do American Journal of Tropical Medicine and Hygiene.

O novo vírus, chamado HRTV, causa febre, dor de cabeça e níveis baixos de glóbulos brancos e plaquetas no sangue. Os dois homens infectados em 2009 viviam na mesma região - à distância de pouco mais de 100 quilômetros - e ficaram com a saúde frágil, requerendo hospitalização. Eles melhoraram depois de os médicos descobrirem o que os afetava: até então, uma infecção bacteriana era tida como responsável pela doença, mas o tratamento com antibióticos não produzia efeito. Após a recuperação dos fazendeiros, nenhum outro caso do vírus foi registrado.

Especialistas antecipam, porém, que mais pessoas podem ser infectadas. O Departamento de Saúde do Missouri está trabalhando com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) para identificar novos casos e determinar a ameaça desse novo vírus aos humanos.

"Dez amostras de carrapatos deram positivo para o vírus, e nove delas foram coletadas da propriedade de um dos pacientes, enquanto a outra veio de terras ao redor", afirmou o entomologista do CDC Harry M. Savage, principal autor do estudo. "Há forte evidência de que o vírus está resistindo a cada temporada em populações de carrapatos e que esses parasitas têm um papel importante na transmissão da doença."

Ainda não há tratamento para o HRTV. Ao contrário de outras doenças como Lyme, erliquiose e febre maculosa - patologias transmitidas através da picada de carrapatos -, o HRTV é um vírus e, assim, não responde a tratamento com antibióticos.