Google denuncia ataque hacker do Irã contra o Gmail

O Google denunciou hoje um ataque maciço de hacker contra seu serviço de correio eletrônico, o Gmail, que seria "politicamente orientado e ligado às eleições no Irã". Segundo o vice-presidente do Google, Eric Grosse, "estas campanhas, que têm origem no Irã, aumentaram consideravelmente o volume das atividades de 'phishing' [forma de fraude eletrônica, caracterizada por tentativas de adquirir dados pessoais] nesta região".    

"Se você é iraniano, recomendamos a adoção de medidas suplementares para proteger sua conta", explicou o executivo, que ressaltou que o Google tem como regra alertar para os ataques informáticos realizados por governos ou qualquer outra atividade suspeita, e tentar refutá-las.