Músico inglês desenvolve pneumonia por causa de gaita de foles  

John Shone, 77 anos, enfrentou uma pneumonia bacteriana durante as últimas quatro semanas, quando esteve internado, e viu a morte de perto. O curioso da história é que o músico inglês desenvolveu a doença por causa do ato de tocar gaita de foles. As informações são do jornal The Daily Mail.

Ao tocar, o músico inalou alguns germes que estavam no instrumento, que não era limpo há um ano e seis meses. Os médicos receitaram antibióticos, mas não foram capazes de diagnosticar de onde vinha a doença do paciente.

A causa só ficou clara quando eles perguntaram a Shone sobre seus hobbies. Depois do ocorrido, a The College of Piping, com base em Glasgow (Escócia), resolveu alertar os músicos para os perigos de não limpar suas gaitas de foles apropriadamente.

Antes de ficar doente, John Shone estava se preparando para se apresentar em um evento em setembro. O aposentado deu entrada no Salisbury Hospital e foi mandado para casa em dois dias, sendo readmitido uma semana depois, em um estado bem pior.

"Eu estava extremamente cansado. Fiquei muito fraco. Só aí que meu filho viu que eu estava em um caso de risco de morte", explicou. O filho do inglês levou a gaita para o hospital. Ela foi submetida a testes e patologistas descobriram uma grande colônia de fungos dentro dela.