Internet ultrarrápida Google Fiber não é 'hobby', diz CEO

A Google Fiber, internet com velocidade 100 vezes superior à uma conexão de banda larga comum, pode chegar em breve a outras cidades, além de Kansas City, onde está sendo testado. Segundo o CEO da gigante de buscas, Larry Page, o projeto é uma possibilidade de negócio para a companhia. As informações são do Los Angeles Times.

"Tem sido ótimo ver o sucesso do lançamento inicial", afirmou Page, durante a conferência de apresentação dos resultados do 4° trimestre de Mountain View. O executivo também enfatizou que as possibilidades abertas pela Google Fiber são "excitantes". Mas lembrou: "ainda estamos nos estágios iniciais".

No mesmo evento, o executivo-chefe de Finanças, Patrick Pichette, afirmou que as instalações da super internet crescem a cada dia. "As pessoas simplesmente amam o produto", definiu. "Realmente acreditamos que deveríamos fazer um bom negócio com essa oportunidade."

Segundo o CFO do Google, a empresa vai "continuar analisando a possibilidade de expansão" da super conexão. Por enquanto, a companhia se concentra em "consertar bugs" e melhorar a experiência do usuário.

Em dezembro passado, o chairman do Google, Eric Schmidt, afirmou, durante conferência do New York Times Dealbook, que a conexão entregava 760 megabits por segundo ao usuário e recebia 720 megabits por segundo dele. Na mesma ocasião ele também aventou a possibilidade de expansão do serviço a outras cidades, mas não deu detalhes.