Apple vai proibir troca de print de tela para evitar golpes

A Apple anunciou na quarta-feira que não é mais permitido aos desenvolvedores trocar os prints de tela da App Store livremente. A medida visa evitar golpes, segundo a gigante de tecnologia. O print de tela, também chamado de captura de tela, registra a imagem de um programa em uso - no computador, a captura é feita com a tecla 'print screen'.

Sempre que um desenvolvedor envia um aplicativo para a aprovação da Maçã, manda também as imagens de tela que serão divulgadas na loja online de apps. Até ontem, era possível modificar essas imagens após a aprovação do código, o que abria espaço para os golpes.

Alguns desenvolvedores alteravam as telas que iam para loja, depois de aprovar o app com a Apple, e colocavam no lugar imagens de aplicativos famosos. Os usuários então compravam os apps errados, baseados no que viam dos prints de telas.

Agora, os desenvolvedores só vão poder atualizar as imagens quando enviarem os binários para atualizações de apps, ou quando submeterem novos aplicativos.