Marco da internet moderna faz 30 anos nesta terça-feira

Nesta terça-feira o mundo celebra os 30 anos da adoção do protocolo TCP/IP como padrão internacional da internet, um marco da web como conhecemos hoje. Em 1º de janeiro de 1983, todos os computadores conectados à Arpanet (Advanced Research Projects Agency Network, precursora da internet) passaram a usar esse protocolo.

O sistema adotado há 30 anos é na verdade a junção de dois protocolos de comunicação: o TCP (Transmission Control Protocol, ou protocolo de controle de transmissão) e o IP (Internet Protocol, ou protocolo de internet). A adoção desse protocolo padronizou o tráfego de dados na rede. O IP dá um número para cada computador conectado à rede e permite o controle de rota (de onde a informação vem e para onde vai). Já o TCP controla cada pacote enviado pela internet.

Em uma postagem em seu blog oficial nesta terça-feira, o Google convidou Vint Cerf a contar a história do surgimento do protocolo. Considerado um dos pais da internet por suas contribuições para molda a arquitetura da internet, incluindo a coelaboração do protocolo TCP/IP, Vint hoje na trabalha no Google. "Naquele dia, a internet operacional nasceu. TCP/IP passou a ser adotado como padrão internacional, e agora sustenta a internet inteira", conta.

"Quando chegou o dia, é justo dizer que a emoção principal foi de alívio, especialmente entre os administradores de sistema que corriam contra o relógio. Não teve uma celebração - eu sequer consigo encontrar uma fotografia. As únicas lembranças eram os broches "Eu sobrevivi à transição TCP/IP" orgulhosamente usados ??por aqueles que passaram pela provação", relembra.

Já se passaram quase 40 anos desde que Bob (Robert Kahn, que trabalhou junto com Vint no protocolo) e eu escrevemos nosso projeto, e posso assegurar-lhes que, embora nós tivéssemos grandes esperanças, não nos atrevíamos a supor que a internet iria se transformar na plataforma mundial que se tornou. Sinto-me imensamente privilegiado por ter feito parte disso e, como qualquer pai orgulhoso, tenho prazer em vê-la crescer", escreveu.