Adolescente de Serra Leoa cria bateria com lixo e vai parar no MIT

Um adolescente de 16 anos de Serra Leoa que aos 13 anos criou baterias e geradores usando materiais encontrados no lixo e ao redor das casas onde vivia é a pessoa mais jovem na história a ser convidada para o Programa de Visitação Profissional do Massachusetts Institute of Technology (MIT), um dos mais importantes centros de tecnologia do mundo. O jovem Kevin Doe é um enegenheiro totalmente autodidata e vem encantando os especialistas. As informações são do Huffington Post.

Doe administra sua prórpia rádio na comunidade onde vive em Serra Leoa, onde transmite jogos, notícias e música. A rádio é alimentada por um gerador criado a partir de um estabilizador de tensão que estava se deteriorando. O garoto criou também uma bateria para levar evergia às casas da região onde mora. "A luz vem uma vez por semana, e no resto do mês, escuro", disse o adolescente, que criou a bateria para iluminar a comunidade nos momentos em que não havia energia.

O MIT descobriu o adolescente durante um salão de inovação internacional organizado em Serra Leoa. O dotorando David Sengeh foi quem reconheceu as habilidades de Doe. "É muito inspiradior. Ele criou um gerador porque precisava", disse.

Em setemrbo, ele participou de uma feira de inventores em Nova York e participou de um painel com outros quatro jovens americanos. Agora, Doe será um profissional residente no MIT e um expositor convidado em Harvard. Ele deve levar esse conhecimento de volta à sua comunidade. "Tudo que eu aprender aqui vou compartilhar com meus amigos, colegas e entes queridos", disse.