Mapas da Apple decepcionam, mas não são tão ruins, diz cofundador da empresa 

Steve Wozniak, cofundador da Apple, se disse desapontado com a aplicação da mapas da empresa, lançada em substituição ao aplicativo do Google. Segundo o site ZDnet, apesar de "contrariado", Wozniak opina que a situação não é tão ruim quanto parece.

"Eu tentei navegar mas não consegui chegar no destino com as orientações por voz. Então, eu fiquei um pouco desapontado porque eu adoro a navegação por voz com meus celulares Google (Android), já que eles sempre acertam e são baseados em uma base da dados melhor", disse Wozniak em um evento na Austrália.

Quanto aos problemas relatados na internet, o cofundador da Apple diz que suspeita de exageros. "Eu não sei se são tão severos assim. Às vezes há muita reclamação pelas pessoas sobre uma coisa que na prática não é tão difícil de lidar", arrematou.

Lançado na semana passada, o programa de mapas da Apple foi alvo de muitas críticas por não ter informações sobre a rede de transporte público (o que existe no Google Maps), pelas imagens sem definição e a falta de exatidão para localizar lugares.

Sites especializados em tecnologia, como o CNET, classificaram a ferramenta como um "fiasco", enquanto outros disseram que o aplicativo é uma vergonha para uma companhia que se orgulha de fazer "os melhores produtos".