Nova espécie de pássaro é descoberta em Minas Gerais 

Uma nova espécie de ave foi encontrada por pesquisadores em montanhas de Minas Gerais. O pássaro, apelidado de pedreiro-do-espinhaço, tem mais ou menos o tamanho de um sabiá e seu "primo" mais conhecido é o joão-de-barro. Os cientistas estão tentando entender como o animal foi parar a 50 km de Belo Horizonte, se os parentes mais próximos estão no Rio Grande do Sul, nos Andes e até na Patagônia. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com os autores da pesquisa, Guilherme Freitas, Fabrício Santos e Marcos Rodrigues, todos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a descoberta começou em 2006, e a equipe levou anos para concluir que se tratava de uma espécie nova, apesar de muito semelhante aos seus parentes da região sul do Rio Grande do Sul. Após capturar alguns exemplares e gravar o canto dos pássaros, os pesquisadores fizeram análises comparativas da aparência, do padrão de canto e do DNA das aves e concluíram, de fato, os resultados. 

Os pesquisadores levam em conta o fato de que a espécie já está surgindo na ciência como ameaçada de extinção, devido ao seu habitat natural, que é uma combinação única de rocha e vegetação rasteira adaptada, correr o risco de sumir com mudanças climáticas.