Pela primeira vez, cientistas criam modelo virtual de bactéria 

Pesquisadores da Universidade de Stanford, no Reino Unido, criaram o primeiro modelo virtual de um ser vivo que descreve reações moleculares e atuações dos genes dentro da bactéria Mycoplasma genitalium, que ataca o sistema reprodutor humano. Com o estudo, os cientistas conseguiram explicar como as reações químicas que aconteciam no DNA, RNA e proteínas da bactéria alteravam o ambiente celular e guiavam seu ciclo de vida.

"O público ouve sobre um novo 'gene do câncer' sendo descoberto, ou um novo 'gene do Alzheimer'. Você ouve sobre isso todo o tempo e pode se perguntar: com todas essas descobertas, onde está a cura para essas doenças complexas?", explica um dos autores do estudo, Markus Covert. "A resposta é que o câncer é um problema de 'um gene só'. Existem milhares de fatores interagindo de forma complicada e para entendermos uma doença como essa precisamos olhar para trás e tentar ver se podemos entender a célula inteira", completa.

De acordo com a BBC, os pesquisadores esperam que a simulação, que já foi publicada no jornal Cell e está disponível para download, possa ajudar biólogos como sendo o equivalente a ferramentas virtuais usadas em outras disciplinas, como engenharia.