Facebook nega rumor de mudança na política de privacidade

O Facebook negou nesta sexta-feira um rumor que vem se espalhando pela rede social de que o site teria mudado sua política e todos as postagens dos usuários teriam se tornado publicas e detectáveis pelo motor de busca do Google. A mensagem postada pelos usuários pede que os amigos alterem as configurações de privacidade para que não tenham os dados divulgados.

"Pessoal, o Facebook mudou: todos os comentários, os cliques sobre 'curtir' serão a partir de agora públicos no Google. Gostaria que fizessem um favorzinho: - passem o cursor por cima do meu nome, esperem que a pequena janela se abra, cliquem sobre 'assinado' e retirem a subscrição de 'comentários e opções curtir'. 

Se me pedirem, farei o mesmo, e desta maneira os nossos comentários sobre amigos e família não serão tão divulgados! Obrigada e gostaria que me informassem se o fizerem! Copie esta nota em seu status se quiser que o mínimo de suas informações sejam de domínio público", diz a mensagem espalhada pela rede.

De acordo com a assessoria de imprensa do Facebook no Brasil, as mensagens só podem ser indexadas por motores de busca quando os usuários publicam posts ou comentários em seu mural ou em outro ambiente que esteja na configuração pública. A empresa reforçou que "não há nenhuma mudança recente nas configurações de privacidade do Facebook e destacou ainda que, "se o usuário fizer as recomendações do post, apenas o que acontecerá é que ele não terá acesso aos comentários e opções de curtir do amigo em questão".