Ministro vai reunir cientistas para planejar programa antártico

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, vai se reunir com pesquisadores e representantes dos institutos envolvidos nos trabalhos científicos desenvolvidos pelo Brasil na Antártida na quinta-feira, a partir das 11h30, em Brasília (DF). O objetivo será fazer um balanço das perdas e planejar ações para dar continuidade ao Programa Antártico Brasileiro (Proantar) após o incêndio que destruiu a estação de pesquisas no último sábado.

Em 30 anos de existência, o Proantar viabilizou estudos sobre os efeitos das mudanças climáticas na Antártica e suas consequências para o planeta, além de pesquisas sobre a vida marinha e a atmosfera. De acordo com o ministério, cerca de R$ 140 milhões foram investidos no programa desde 2007.

Após o acidente, o ministro Raupp manifestou o empenho do governo em manter, sem interrupções, as pesquisas no continente e também expressou pesar pelo acidente, que vitimou o primeiro-sargento Roberto Lopes dos Santos e o suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo.