Paraguai inicia campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa 

O Paraguai iniciou, nesta quarta-feira, a campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa, que busca recuperar o status sanitário do país, depois de dois focos da enfermidade, anunciou a agência de Informação Pública (IP) do governo.

A campanha de imunização vai até 2 de março, período no qual devem ser vacinados 12,6 milhões de animais.

A abertura do programa foi feita numa fazenda de Curuguayty, no departamento de Canindeyú, 300 quilômetros a nordeste da capital paraguaia.

O Paraguai se viu obrigado a suspender suas exportações depois do registro, em setembro de 2011 e em janeiro deste ano, de focos da doença no departamento nortista de San Pedro, a 300 quilômetros de Assunção.

A aftosa é uma enfermidade viral de propagação rápida, causando nos animais febre alta, chagas, bolhas nas patas e dificuldades para se alimentar, baixando a produtividade do rebanho, mas sem afetar os humanos.