Povoado do Alasca recebe gasolina de barco russo após odisseia ártica

Os moradores de um remoto povoado do Alasca começaram a receber gasolina e diesel de um cargueiro russo que atravessou o denso gelo do mar de Bering seguindo o caminho aberto por uma embarcação quebra-gelo americana, confirmou uma funcionária na segunda-feira.

Após batalhar ao longo de 480 km de gelo ártico, o navio-tanque russo "Renda" começou a bombear o combustível por um duto que o conecta a um centro de armazenamento na localidade de Nome.

"O combustível começou a ser bombeado oficialmente às 17H06 (01H00 desta terça-feira) após superar todos os requerimentos de segurança", disse à AFP Kip Wadlow, porta-voz da guarda-costeira americana.

O "Renda" atracou perto da costa de Nome no sábado seguindo o quebra-gelos americano "Healy", que durante a travessia precisou ajudar por diversas vezes o cargueiro russo, já que o gelo voltava a se formar ao redor da embarcação.

O navio bombeará 1,3 milhão de galões de combustível ao povoado de 3.500 habitantes no centro-oeste do Alasca, em uma operação que deve durar 45 horas.