Hackers apostam em jogos infantis online para invadir PCs

Desenvolvedores de vírus estão usando crianças como "porta de entrada" para os computadores de seus pais. Os criadores de softwares maliciosos costumam atrair os pequenos com jogos animados na web, segundo o Daily Mail.

No site do game, os malwares são instalados sem que a criança perceba, e rodam em segundo plano no computador buscando por informações dos adultos, mesmo depois que a conexão com o "jogo" foi encerrada. Os baixinhos seriam vítimas mais fácies de enganar por não terem tanta preocupação antes de clicar em um link, enquanto um adulto seria mais cuidadoso.

"Jogos exigem cliques e as crianças não pensam muito sobre em que estão clicando, o que faz delas - ou dos computadores de seus pais - bastante susceptíveis a softwares maliciosos", explica Ondrej Vlcek, executivo da Avast Software. Segundo ele, a forma como os pequenos navegam a web, passando rapidamente de um conteúdo a outro, também contribui para que sejam alvos fáceis.

Segundo o laboratório tcheco da empresa de segurança, a página Cute Arcade, por exemplo, teria infectado mais de 12,6 mil computadores. O site Hidden Ninja Games seria outro que oferece riscos potenciais. Os dois endereços fazem parte de uma lista com 60 URLs infectadas e que contém as palavras "game" ou "arcade" no título, de acordo com dados de um levantamento da Avast. O malware estaria nas próprias páginas ou em anúncios exibidos por elas.

A sugestão da empresa para evitar o problema é ter um antivírus instalado no computador.