Diretor da Nasa visita Brasil e assina acordo de pesquisa climática

O diretor da Nasa, o astronauta Charles Bolden, visita nesta quinta-feira o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos (SP). O diretor da agência espacial americana veio assinar um acordo de cooperação sobre o programa GPM (Medidas Globais de Precipitação), uma iniciativa para o estudo em escala global das chuvas a partir de dados obtidos por satélites.

O acordo abrirá várias possibilidades para a participação brasileira no programa GPM, que deverá produzir dados relevantes para a previsão e o monitoramento de mudanças climatológicas e meteorológicas. Entre elas, atividades que vão desde a realização conjunta de pesquisas e estudos, validação e calibração de dados do programa, até a realização de missão de satélite para compor a constelação GPM.

Além do acordo sobre o GPM, será assinado outro termo de cooperação, sobre Ozônio, visando o estudo da concentração de vários componentes da atmosfera e compreensão da camada de ozônio da Terra. Ambos os acordos serão ratificados pela Nasa e Agência Espacial Brasileira (AEB).

Também será abordada a proposta do Inpe para o desenvolvimento em cooperação com o JPL (Jet Propulsion Lab), da NASA, de um satélite inovador de alta resolução espectral para estudo das propriedades biogeoquímicas da cobertura do solo, algo essencial na avaliação do impacto nos ecossistemas da ação do homem, das queimadas e dos desmatamentos. A pauta da reunião inclui, ainda, possíveis parcerias nas áreas de clima espacial, rastreio de satélites e testes ambientais de equipamentos espaciais.