eBay: China se fecha a empresas estrangeiras de internet

A empresa líder de leilões online eBay afirmou na noite de segunda-feira que a China criou uma grande barreira para as empresas de internet estrangeiras.

"O mercado interno da China para serviços com base na internet está, em essência, fechado", declarou o diretor executivo do eBay, John Donahoe.

"O governo chinês não vai permitir a uma empresa de internet que não seja chinesa que triunfe na China (...) é uma arma em segurança nacional".

A oportunidade, segundo a perspectiva do eBay, está em conectar a China com o resto do mundo.

A empresa comercializou este ano mais de seis bilhões de dólares em bens vendidos por chineses para pessoas fora da China. Além disso, a China tem um mercado de pessoas que desejam importar itens de luxo, segundo Donahoe.

O eBay está muito interessado no promissor mercado chinês, mas Donahoe afirmou que as leis devem ser mais flexíveis para permitir que a empresa com sede na Califórnia lance uma versão de seu serviço no país.