Nasa confirma queda do satélite de 5,6 toneladas na Terra

O Satélite de Pesquisa de Alta Atmosfera (UARS, na sigla em inglês), que tem o tamanho de um ônibus e pesa mais de 5,5 toneladas, caiu na Terra na madrugada deste sábado, informou a Nasa (agência especial americana). O local exato, no entanto, ainda não foi informado.

A Nasa, por meio de um comunicado, afirmou que o satélite caiu na Terra "entre 0h23 e 2h09 (de Brasília)". "O momento preciso da entrada na atmosfera e o local do impacto não são conhecidos com certeza", diz a nota. O local de entrada na atmosfera foi sobre o Oceano Pacífico.

De acordo com alguns relatos no Twitter, porém ainda não confirmados, algumas partes do satélite teriam caído na cidade canadense de Okotoks, no sul de Calgary.

A previsão inicial era que o satélite cairia no final de setembro ou no início de outubro, mas sua queda foi antecipada pelo forte aumento da atividade solar na semana passada.

O UARS foi transportado pela nave Discovery, em 1991, para medir as mudanças atmosféricas e os efeitos da poluição no planeta. Contudo, concluiu a missão em 2005 e, desde então, tornou-se lixo espacial.