Vacinação contra a gripe tem baixa adesão

A uma semana do encerramento da Campanha de Vacinação Contra a Gripe, a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil alerta para a baixa adesão da população. De acordo com levantamento parcial, até esta quinta-feira, dia 5, foram imunizadas cerca de 270 mil integrantes dos grupos-alvo, o que equivale a somente 29% da meta da Prefeitura, que é vacinar 930 mil pessoas.

A campanha vai até o dia 13, em cerca de 200 postos de vacinação em toda a cidade. Devem receber a dose os idosos, população indígena, gestantes (em qualquer período da gravidez) e crianças de seis a 23 meses. Os profissionais de saúde de unidades de referência para atendimento de influenza estão sendo imunizados nos próprios locais de trabalho. A SMSDC reforça que a vacina protege também contra o vírus da Influenza A (H1N1).

A gripe é uma doença altamente transmissiva, e ganha força em épocas de baixa temperatura. A vacina é muito importante, pois imuniza os grupos mais suscetíveis e com maior chance de complicações, em caso de contaminação com o vírus. Pessoas com história de alergia grave relacionada a ovo e seus derivados e reação em doses anteriores da vacina devem consultar um médico antes de tomar a dose.     

Quem foi vacinado nos anos anteriores deve levar o comprovante de vacinação a uma unidade de saúde básica. Caso não tenham a caderneta de vacinação, basta apresentar um documento de identidade. 

Os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Em caso de dúvida sobre calendário e locais de vacinação, a população pode ligar para a Central de Atendimento da Prefeitura, no telefone 1746. A lista também está disponível no site da SMSDC, no endereço www.rio.rj.gov.br/web/smsdc