CEO do Google tentou censurar serviço de buscas

WASHINGTON - O livro 'In the Plex', do autor Steve Levy, revela que o CEO do Google, Eric Schmidt, tentou censurar a ferramenta de buscas online quanto às informações que se referiam a eles.

Um trecho do livro foi reproduzido pelo jornal norte-americano, The New York Times neste final de semana. "O Sr. Schimdt pediu que o Google removesse da ferramenta de busca informações sobre uma doação política que ele fez. Sheryl Sandberg, uma executiva do Google que hoje é chefe de operações no Facebook, falou que aquilo era inaceitável", conta o livro.

O artigo do jornal ainda traz detalhes das ações do Google na China e na Índia. De acordo com o Times, o ex-vice-presidente norte-americano Al Gore precisou pedir para que Sargey Brin e Larry Page, fundadores da companhia que visitavam a região em 2004, se comportassem para não parecerem politicamente arrogantes.