Site lista cinco dicas para não cair em armadilhas da tecnologia

Inovações tecnológicas acontecem aos montes atualmente. É razoável imaginar que, com elas, muitas armadilhas "vêm no pacote", como a beleza de um aparelho, o brilho de uma tela, a resolução de um display ou o charme e o glamour de possuir a última geração do gadget mais desejado dos últimos tempos. O site Business Insider pensou nisso e listou cinco dicas para evitar as armadilhas do mundo da tecnologia.

Confira abaixo o que é necessário ter em mente na hora de procurar um novo gadget:

Não compre um plano de segurança desnecessário:
Isso não quer dizer que seu computador, impressora ou smartphones não precisem de proteção. O que é necessário é entender que muitos gadgets, como smartphones, têm uma período de vida pequeno - eles rapidamente são substituídos por outro modelo mais novo. Então, por que gastar dinheiro com um plano de proteção a longo prazo?

Não gaste muito dinheiro em acessórios
A dica é não gastar muito em acessórios do próprio fabricante da TV, smartphone ou computador - eles normalmente custam mais caro do que os mesmos acessórios feitos por outras empresas, como é o caso daqueles para iPhone da própria Apple em comparação com outros feitos por terceiros. Então, pesquisar pelo melhor preço é sempre uma boa saída.

Prestar atenção à reputação da marca
Pesquisar pelo melhor preço é necessário, mas prestar atenção à reputação da marca é tão importante quanto o preço que se paga pelo gadget.

Evitar o impulso da compra
É uma questão de educação para a compra. Quando se trata de tecnologia, em que novos produtos surgem a todo o instante, TVs, computadores, smartphones e outros acessórios entram em liquidação também a todo o momento. Se o controle e a consciência de que pesquisar e esperar não acontecem naturalmente, existem aplicativos que podem ajudar o usuário a se educar nesta área, como o RedLaser, que compara os melhores preços online de um acessório.

Não retire o produto da caixa
Pelo menos, não antes de ter certeza de que o gadget comprado será realmente usado. A maior parte dos fabricantes - ou lojas - não aceitam a devolução ou troca do aparelho caso ele tenha sido tirado da caixa, mesmo que ainda não tenha sido efetivamente utilizado.