Ações de combate à hanseníase acontecem na Central do Brasil

RIO - A Gerência de Dermatologia Sanitária da Secretaria de Saúde e Defesa Civil conscientiza os cariocas sobre a importância do diagnóstico precoce da hanseníase na manhã desta terça-feira, na Central do Brasil. Desde o dia 24 de janeiro, o governo estadual tem estimulado a população a procurar unidades de saúde que fazem o diagnóstico da doença e oferecem tratamento adequado. A expectativa é tirar as dúvidas dos mais dos 100 mil passageiros que circulam na estação da Central.

As ações, que acontecerão até a próxima sexta-feira (4) em vários municípios fluminenses, celebram o Dia Mundial de Combate à Hanseníase, comemorado em 30 de janeiro. A distribuição de folhetos informativos, palestras e atendimento médico gratuito fazem parte da programação. De acordo com a Gerência de Dermatologia Sanitária, quanto mais cedo se identifica a doença, menores são as chances de sequelas.