Blogueiros MussumAlive, NaoSalvo, Bobagento e Cleycianne mostram a cara

 

Quem é hard user do Twitter já deve ao menos ter ouvido falar nos perfis fakes humorísticos @MussumAlive, @NaoSalvo e @Claycianne. Na tarde desta sexta-feira, os autores dessas timelines mostraram seus rostos diante de uma plateia de cerca de 200 pessoas no palco de Mídias Sociais da Campus Party, com moderação da professora da PUC-SP, Giselle Beiguelman.

Maurício Cid, autor do blog Não Salvo e do perfil de Twitter homônimo, disse já ter levado cinco processos judiciais por conta do conteúdo que veicula nas páginas. "Sou um cara do humor do bem, nunca perdi dinheiro", comemora. Por parte do público, as reações adversas, às vezes, se manifestam com maior intensidade: "Tem um cara que passa em frente à minha casa todas as madrugadas, andando de bicicleta, me xingando - Cid, seu filho da p...".

No Twitter, o recorde de rejeição de Cid foi de 700 unfollows em 7 minutos. Isso aconteceu no dia 1º de abril de 2010, quando tuitou um link para um site com música agressiva e a imagem de um pênis girando na tela. "Ir pro inferno? Já tô sabendo que vou!", resigna-se. Thiago Pereira, autor do personagem evangélica @Cleycianne, acrescenta: "Então a gente vai se encontrar por lá".

Apesar de fazer piada com a religião da personagem Cleycianne, uma evangélica extremista, Pereira confessa acreditar em Deus. "Eu não odeio evangélicos. Conheço alguns que não têm essa visão fechada de mundo que a Cleycianne passa. Você vê um pouco de verdade nela, mas tem muito de exagero. Agora ela parece até surreal, apesar de muita gente acreditar nela e mandar mensagens me xingando", relata. Thiago não se considera uma celebridade da web: "A Cleycianne é que é!".

O estrelismo da personagem é tão grande que o tuiteiro já recebeu e-mail de um pastor que pretendia se candidatar a cargo político, pedindo o apoio de Cleycianne.

Quando o assunto é fama na web, Raphael Mendes, autor do blog Bobagento, também não se considera famoso, mas tem uma vantagem perante seus parceiros de debate: "Uma vez já autografei peitos", lembra.

Leandro Santos, autor de @MussumAlive, não enfrenta polêmicas de caráter religioso. Seu foco, diferentemente de Cid, Pereira e Mendes, é fazer humor com uma identidade real. Questionado pelo público sobre a reação da família de Mussum, Santos disse já ter tentado entrar em contato sem sucesso. O feedback mais próximo disso que conseguiu foi um amigo ter encontrado Dedé Santana em um aeroporto. O ex-Trapalhão teria achado legal a ideia de alguém manter viva a memória do amigo.

De Mussum, Santos confessa copiar apenas o "mussumzês": "Cresci assistindo aos Trapalhões, mas sempre uso piadas próprias, não reproduzo o que o Mussum dizia no programa. Comprei DVDs, livros, aprendi muito sobre a história do Mussum", afirma, mostrando o rosto após subir ao palco com uma máscara do Trapalhão.

Campus Party Brasil 2011

Nascida na Europa, em 1997, a Campus Party é um dos maiores eventos de tecnologia, entretenimento e cultura digital do mundo que, em 2011, chega a sua quarta edição brasileira. Além do Brasil, são tradicionais os encontros realizados na Espanha, na Colômbia e no México. A Campus Party Brasil acontece de 17 a 23 de janeiro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP).

Para este ano, são esperados mais de 6,8 mil participantes - ou campuseiros - sendo que dentre esses, mais de 4,5 mil ficam acampados no local. Além de atividades como oficinas e exposições, a Campus Party Brasil 2011 terá inúmeras palestras. Entre os confirmados, estão o ex-vice-presidente dos EUA, Al Gore, Tim Berners-Lee, pai da "WWW", e Jon Maddog Hall, presidente da Linux International, e muitos outros.