Pessoas que já tiveram gripe correm mais risco em pandemia, diz estudo

WASHINTON - Estudo de cientistas da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, aponta que pessoas que já tiveram gripe anteriormente correm mais risco de serem contaminadas em caso de existência de uma próxima pandemia, como a ocorrida com a gripe suína. As informações são do site da revista New Scientist.

Os cientistas começaram a pesquisa a partir do fato de que mais adultos morreram por causa da gripe suína do que crianças. E descobriram que há a possibilidade de que isso tenha ocorrido por causa da exposição, no passado, a gripe comum.

O estudo, então, analisou 75 adultos que foram contaminados com gripe suína e descobriram casos em que os anticorpos limitavam o vírus, mas não o matavam. Um emaranhado de vírus e anticorpos em seus pulmões ativava um sistema que falhou em "limpar a bagunça" e, na verdade, atacou os pulmões.

Os cientistas dizem que adultos adquirem os fracos anticorpos de casos de gripe anteriores, e o novo vírus fica mais forte graças a eles, tornando a doença pior.