ONU lançará satélite para estudar uso de fezes como combustível

A ONU (Organização das Nações Unidas) anunciou na última quarta-feira que irá enviar um satélite ao espaço para estudar a possibilidade da transformação das fezes dos astronautas em combustível. 

O satélite levará diversas cargas, mas o principal experimento é o que envolve a bactéria Shewanella MR-1. Cientistas pretendem descobrir se, em um ambiente de microgravidade, ela é capaz de produzir hidrogênio a partir dos dejetos. A possível descoberta de uma fonte renovável do elemento representaria um grande avanço na exploração espacial, pois possibilitaria aumentar a duração das missões.


O Unescosat, que deve ser lançado no primeiro semestre de 2001, custou cerca de R$ 8,6 milhões e será usado para projetos de pesquisas científicas internacionais. A previsão inicial é de que o satélite fique em órbita por pelo menos 5 anos.