SP começa a vacinar menores de 1 ano contra a meningite C

SÃO PAULO - A Secretaria da Saúde de São Paulo irá disponibilizar a vacina conjugada contra o meningococo C, causador de uma das formas mais graves de meningite bacteriana, para crianças menores de um ano, em toda a rede pública do Estado, desta semana até o final de dezembro.

Em setembro e outubro foram imunizadas as crianças entre 1 ano e 1 ano e 11 meses de idade, faixa etária em que a vacina pode ser aplicada apenas uma vez. Já as crianças menores de 1 ano deverão tomar duas doses da vacina - aos 3 e aos 5 meses de idade - e uma dose de reforço quando completarem 1 ano.

Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria de Saúde, ressalta a eficácia da vacina: "Aproximadamente 25% dos casos desse tipo de meningite ocorrem em crianças menores de 2 anos, e a vacinação é a melhor forma de proteção contra a doença. Esta vacina tem um elevado índice de proteção, chegando a mais de 90%", afirma.

Segundo a Secretaria de Saúde de São Paulo, a vacina conjugada contra meningococo C é normalmente bem tolerada e não apresenta reações adversas graves. Somente crianças com histórico de reação anafilática em dose anterior não deverão ser vacinadas.

A partir de janeiro, a vacina contra meningite C entra definitivamente no calendário de imunização do SUS (Sistema Único de Saúde). Antes desta medida, a vacina estava disponível na rede pública apenas para ações pontuais de controle e bloqueio de surtos da doença causada pelo meningococo C.