Lançado nos EUA o tablet 'Kno', destinado a estudantes

 

A sociedade americana Kno já está recebendo encomendas para tablets, especialmente destinados a escolares e universitários, em substituição aos livros didáticos.

Estão sendo propostos dois modelos, com uma única tela táctil ou duas telas tácteis, por um preço entre 599 e 999 dólares, segundo a capacidade de armazenamento (16 ou 32 gigabytes). Os primeiros exemplares deverão ser entregues antes do final do ano. O iPad, referência do segmento, é vendido por entre 499 e 899 dólares.

"As vantagens extraordinárias do Kno (ndr: pronunciado como "know", saber em inglês) não representam senão 'uma fração do custo global da universidade, mas seu impacto para os estudantes é enorme", afirmou o diretor-geral e um dos fundadores da sociedade Osman Rashid, citado em comunicado.

"Ainda mais: quando se faz o cálculo, o tablet permite economizar 1.300 dólares em compras de livros", acrescentou.

Kno vai paralelamente lançar uma livraria digital com os produtos custando de 30% a 50% menos que os livros tradicionais, depois de acordos concluídos com numerosas editores e impressoras universitárias.

Dotado de uma ou duas telas tácteis em cores, o Kno se conecta à internet via Wi-Fi. A tela é maior que a do iPad (36 cm contra 25 cm), além de ser mais pesada (1,2 kg para a tela simples; 2,5 kg para a dupla, contra cerca de 700 g do iPad).