Maior cobra vivendo em cativeiro morre em zoo

O zoológico de Columbus, nos Estados Unidos, anunciou que a maior cobra vivendo em cativeiro morreu nesta quarta-feira. Segundo o zoo, a cobra, uma píton, chamada de Fluffy, que tinha aproximadamente 7 m de comprimento, morreu, aparentemente, segundo o zoo, por causa de um tumor. As informações são da AP.

O Livro dos Recordes - Guinness Book - oficializa a cobra como a maior vivente em cativeiro. O animal pesava 136 kg, tinha 18 anos e estava no zoo de Columbus desde 2007.

Pítons têm como marca os desenhos padrões em suas escamas e, em média não ultrapassam os 5 metros de comprimento. A maior já registrada possuía 9,75 m e vivia na Indonésia, até ser morta em 1912.