Salão do Automóvel de SP abre as portas para o público

O 26º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo abriu as portas nesta quarta-feira com a exibição de 450 veículos de 42 marcas diferentes - entre eles cerca de 180 novidades em solo brasileiro. Mesmo com a visível preocupação das montadoras em apresentar soluções energéticas para o futuro, os destaques ainda ficam por conta dos poderosos esportivos das fábricas já consagradas e novidades do segmento popular, principalmente vindos da China. O evento abrirá todos os dias até 7 de novembro no pavilhão de exposições do Anhembi, zona norte da capital paulista.

A organização estima que aproximadamente 625 mil pessoas devem visitar a feira, que completa 50 anos neste ano. O espaço de 85 mil metros quadrados conta com dois restaurantes, 15 lanchonetes, posto médico e estacionamento para 8,5 mil carros. Além dos lançamentos da indústria, o evento faz uma homenagem ao piloto Ayrton Senna, que completaria também 50 anos, com a exibição de dois modelos de Fórmula 1 - as Lotus 97T e 99T, guiadas por ele em 1985 e 1987, respectivamente.

Segundo estimativa da São Paulo Turismo, os 12 dias de feira vão gerar volume financeiro de cerca de R$ 112 milhões para a capital paulista, já que aproximadamente 40% dos visitantes do salão não residem na cidade. O período deve ser bom também para a indústria hoteleira, com 75% de ocupação nos quartos. Segundo a organização, a feira funcionará normalmente em 31 de outubro, dia das eleições presidenciais no País.

Serviço:

Data: de 27 de outubro a 7 de novembro

Horário: 27/10 - das 14h às 22h (entrada até às 21h)

28/10 a 06/11 - das 13h às 22h (entrada até às 21h)

07/11 - das 11h às 19h (entrada até 17h)

Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209 - Santana - São Paulo

Transporte: ônibus circular gratuito a partir da estação Tietê do metrô (disponível uma hora antes da abertura e até uma hora após o encerramento)

Preços: R$ 40 adulto e R$ 30 infantil (descontos para compra pela internet até 24/10)