Cientistas: bactérias são culpadas por mortes de abelhas

Cientistas da Universidade de Montana, nos Estados Unidos, realizaram estudo no qual apontam que fungos e bactérias são os culpados pelo grande desaparecimento de abelhas produtoras de mel. As informações são do site da Discovery News.

Desde 2006, as abelhas deste tipo sofrem com a diminuição de exemplares. Anteriormente, os cientistas suspeitavam das mudanças climáticas e de pesticidas como culpados para o sumiço das abelhas.

Após estudo, em que foi descoberto que em toda colônia de abelhas que sofre com a diminuição estavam presentes os vírus, foi apontado que as bactérias afetam os abdomens das abelhas, mudando a tonalidade dos insetos para roxo. Já os fungos atacam as barrigas das abelhas. Combinados, eles evitam que as abelhas consigam obter nutrição suficiente para viver.

A infecção inicial de uma abelha prejudica o sistema nervoso do inseto, o que o torna mais vulnerável em uma nova infecção.