Aquecimento global fará com que Havaí receba mais ciclones

Estudo da Universidade do Havaí, Estados Unidos, indica que, graças ao aquecimento global, o Estado americano do Havaí enfrentará mais casos de ciclones. As informações são do site da revista New Scientist.

Segundo Tim Li, professor da universidade, em entrevista ao site, são formados, no mundo, em média 85 ciclones por ano, a maioria chegando do Pacífico, incluindo Filipinas, China e México. No máximo dois chegam ao Havaí por década. O número crescerá consideravelmente, segundo Li.

Foram estudados dois modelos climáticos que prevêem a formação de ciclones. Quando foram levados em conta no estudo os efeitos do aquecimento global, foi descoberto que a frequência de ciclones na região do Havaí crescerá 65% até o fim deste século.

Segundo Li, os efeitos do El Niño farão com que o oceano pacífico tenha o nível do mar aumentado mais no leste e no centro do que no oeste, criando condições perfeitas para a formação de ciclones.