Simpósio reúne especialistas que debaterão sobre o câncer, no Rio

JB Online

RIO DE JANEIRO - Com o tema Combination is Key: Advancing the Treatment of Cancer , o Merck Serono Oncology Symposium reunirá especialistas internacionais de renome na área de Oncologia para debater as principais evoluções nos tratamentos do câncer colorretal, câncer de cabeça e pescoço, e de pulmão.

Entre os especialistas internacionais, destacam-se os doutores Eric Van Cutsem, professor da Universidade de Leuven e chefe da divisão de Oncologia do aparelho digestivo do Hospital Gasthuisberg em Leuven na Bélgica; Jan B. Vermorken, professor e chefe do departamento de Oncologia do Hospital Universitário da Antuérpia na Bélgica; Kenneth O'Byrne, diretor clínico do Hospital St. James e professor da Universidade de Trinity em Dublin na Irlanda; Gunnar Folprecht, chefe da unidade de Oncologia do Hospital Universitário Carl Gustav Carus em Dresden na Alemanha; Jean-Louis Lefebvre, presidente do Conselho da Sociedade Européia de Câncer de cabeça e pescoço; e Gustavo Alberto Lopez, chefe do departamento de Oncologia e Cuidados Paliativos do Hospital Prof. Dr. Bernardo Houssay em Buenos Aires na Argentina.

Está prevista também a participação de grandes nomes nacionais da área de Oncologia, como Paulo Hoff, diretor clínico do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), Frederico Costa e Fernando Maluf ambos do Centro de Oncologia do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo além de Daniel Herchenhorn do INCA (Instituto Nacional de Câncer) no Rio de Janeiro.

Os principais temas em debate serão a importância dos biomarcadores para a definição do tratamento do câncer colorretal e os resultados atualizados da utilização do Cetuximabe no tratamento dessa doença; a otimização do tratamento do câncer de células escamosas de cabeça e pescoço (SCCHN); e os avanços recentes no tratamento de câncer de pulmão metastático (NSCLC).

Uma pesquisa de incidência realizada pelo INCA aponta que o Brasil terá cerca de 490 mil novos casos de câncer em 2010, sendo que 40% das mortes causadas pela doença poderiam ser evitadas com a detecção precoce da doença e seu tratamento nos estágios iniciais.

A participação no evento é restrita para médicos oncologistas clínicos e cirurgiões.

Serviço:

Merck Serono Oncology Symposium

Data: 21/08/2010

Horário: 9 às 16h15

Local: Hotel Windsor Barra

Endereço: Av. Sernambetiba, 2630 - Barra da Tijuca Rio de Janeiro - RJ

Informações sobre Câncer colorretal

Essa doença é a quarta causa mais comum de morte por câncer no Brasil e abrange tumores que atingem o cólon e o reto. Homens e mulheres são igualmente afetados. O Cetuximabe é a primeira terapia-alvo para câncer colorretal metastático que atingiu, em combinação com o regime de quimioterapia FOLFIRI, um aumento significativo em termos de sobrevida global de pacientes com o gene KRAS não mutado em comparação a pacientes que receberam somente a quimioterapia, em um estudo fase 3. De acordo com o estudo Celim, o uso do medicamento em combinação com os regimes de quimioterapia FOLFOX ou FOLFIRI, está relacionado com altas taxas de resposta objetiva, com redução do tumor, tornando possível a remoção completa do tumor em 34% dos pacientes pesquisados. Cerca de 70% demonstraram boas taxas de resposta e podem se tornar potenciais para operação.

Informações sobre Câncer de cabeça e pescoço

O câncer de cabeça e pescoço é responsável por cerca de 650 mil novos casos no mundo e mais de 350 mil mortes. É mais comum em pessoas com mais de 40 anos de idade e é de duas a três vezes mais recorrente nos homens do que nas mulheres. De acordo com o estudo Extreme, a terapia com Cetuximabe adicionado à quimioterapia foi o primeiro tratamento, nos últimos 30 anos, que apresentou um aumento significativo na sobrevida global dos pacientes, além de uma redução de 20% no risco de morte. Atualmente essa combinação terapêutica é utilizada como padrão para câncer de cabeça e pescoço na Europa.

Informações sobre Câncer de pulmão

De acordo com o INCA, sem considerar os casos de câncer d