Cientistas testam laser no controle de batimentos cardíacos

Portal Terra

WASHINGTON - Pela primeira vez na história, pesquisadores utilizaram raios laser para controlar os batimentos do coração, divulgou o site Nature esta semana. O laser é considerado uma ferramenta que colaborará no avanço das pesquisas sobre o coração, em especial sobre o ritmo dos batimentos cardíacos. O estudo foi realizado por pesquisadores da Western Reserv University e da Vanderbilt University, ambas dos Estados Unidos.

Segundo os pesquisadores, o laser funciona aumentando os batimentos cardíacos. Os raios provocam uma temperatura crescente que abre os canais em efeito cascata pelas células do coração levando impulsos elétricos que fazem o coração bater mais rapidamente.

O controle dos ritmos cardíacos, no teste, não causou danos. Segundo os estudiosos, no futuro, essa descoberta poderá possibilitar a criação de novos tipos de marca-passos. Também poderá ajudar a entender as causas de defeitos congênitos no coração.

"Os mecanismos por trás de problemas congênitos não são muito bem conhecidos. Porém, suspeitamos que, quando o coração, ainda em fase de embrião, bate de forma mais acelerada ou mais lenta que o normal, isso muda o gene regular", explicou Michale Jenkins, pesquisador da Western Reserva, ao Nature Photonics.

O trabalho completo dos pesquisadores pode ser encontrado no site https://www.nature.com/nphoton/index.html.