EUA: avião sem piloto pousa após 14 dias de voo

Agência AFP

ESTADOS UNIDOS - Um avião ultraleve sem piloto e movido a energia solar aterrissou nesta sexta-feira no Arizona, oeste dos Estados Unidos, após 14 dias e 21 minutos de voo, confirmou à AFP um porta-voz do grupo QinetiQ, fabricante do protótipo.

O avião "Zephyr aterrissou às 7h4 local (11h4 de Brasília), o que significa que esteve no ar durante 14 dias e 21 minutos. Esperamos a confirmação oficial de recordes mundiais da Federação Internacional de Aviação", disse, em Londres, a porta-voz do grupo, Claire Scotter.

O Zephyr, com 22,5 m de envergadura e 50 kg, iniciou o voo em 9 de julho, sobre a base de testes militares do exército americano em Yuma (Arizona).

Construído com fibra de carbono, o Zephyr funciona graças a painéis solares fixados em suas asas, que captam a energia durante o dia e a armanezam em uma bateria que prolonga o funcionamento da areonave durante a noite.

O recorde mundial anterior, também registrado por um Zephyr do QinetiQ, era de 30 horas e 24 minutos de voo, alcançado em 2001.

Segundo o QinetiQ, o Zephyr pode ser utilizado para observar o solo ou transmitir comunicações durante operações militares.