EUA: cientistas dão primeiro passo à regeneração do tecido pulmonar

Agência AFP

WASHINGTON - Cientistas americanos deram um importante primeiro passo na regeneração do tecido pulmonar a partir de células cultivadas in vitro e implantadas em ratos, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira.

Os pesquisadores da Universidade de Yale pegaram pulmões de ratos adultos e extraíram os componentes celulares existentes. Também preservaram a matriz que continha essas células, assim como as estruturas de brônquios, das vias respiratórias e do sistema vascular, que foram logo utilizadas como base para fazer crescer novas células pulmonares.

Os autores do trabalho cultivaram posteriormente uma combinação de células mãe e pulmonares sobre a matriz e conseguiram produzir novas células pulmonares perfeitamente funcionais.

Uma vez implantados em ratos, esses novos pulmões funcionaram normalmente de 45 a 120 minutos, indicaram os pesquisadores no estudo publicado na revista Science com data de 25 de junho.