Nasa divulga imagem da mancha de óleo poluindo o rio Mississipi

Portal Terra

ESTADOS UNIDOS - A agência espacial americana (Nasa) divulgou nesta quinta-feira a imagem da mancha de óleo proveniente do vazamento da plataforma petrolífera da empresa britânica BP no delta do Rio Mississipi, nos EUA. A imagem, captada por um satélite de observação terrestre através do Aster (Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer), mostra a grande mancha de óleo na cor prata que se alastra poluindo todo o local.

O Aster registra as emissões térmicas da imagem e representa cada elemento com uma cor referente às ondas que emite. Na imagem em alta resolução, a parte vermelha é a vegetação, a azul é a água e a prateada é o óleo. Segundo os cientistas, o óleo fica mais brilhante quando a luz do Sol incide sobre ele, transformando a superfície da água em um espelho.

A porção de água mais escura vista na parte superior esquerda da imagem ainda não foi explicada pelos cientistas. De acordo com eles, esta cor poderia indicar o uso de dispersantes químicos ou pode ser o resultado de diferenças naturais de turbidez, salinidade, ou de matéria orgânica nas águas costeiras.

A BP vive nesta quinta-feira um dia crucial em seus esforços para controlar um vazamento de petróleo que já dura cinco semanas no golfo do México, no mesmo dia em que o governo dos EUA deve anunciar uma prorrogação de seis meses no veto a novas prospecções petrolíferas na região.