Planície mutante do Mar Frísio é registrada por satélites

Portal Terra

DA REDAÇÃO - A Agência Espacial Europeia divulgou, neste sábado, imagem de satélite do Mar de Wadden, ou Mar Frísio, na Holanda, que mostra a formação atual dos bancos de areia na região. As constantes alterações nas correntes marítimas e fluxos das marés modificam o fundo desta planície.

Declarada patrimônio histórico mundial pela Unesco em 2009, o mar é rodeado pelas Ilhas Frísias (na esquerda da imagem) e pela costa da Holanda (na direita). A localidade é conhecida como uma das maiores áreas úmidas do mundo.

Moldada pelo fluxo e refluxo das marés, das ondas e dos ventos, a área modifica sua aparência dependendo da hora do dia. Às vezes, há vários quilômetros de planícies de lama aberto, e, em algumas horas, vira um terreno inundado com águas provenientes do Mar do Norte.

Tal como demonstra a imagem de satélite, os bancos de areia são rodeadas por canais mais profundos utilizados como rota de passagem para barcos entre as ilhas e o continente.

A formação natural favorece os animais selvagens, que habitam em grande número o local. É um ponto importante tambem na migração de milhares de espécies de aves, que aproveitam para se alimentar de peixes que vivem na região.