Hospital mostra como foi realizado transplante total de rosto

Portal Terra

BARCELONA - O hospital Vall d'Hebron de Barcelona, na Espanha, divulgou uma simulação de como foi realizado um transplante total de rosto em março passado. Na quinta-feira, o chefe da cirurgia plástica disse que o paciente já está se comunicando e passa bem.

O espanhol, que não teve a identidade divulgada, tinha o rosto deformado desde os 5 anos depois de sofrer um acidente e não podia respirar ou falar normalmente. Segundo o hospital, trata-se do primeiro transplante total de rosto do mundo, já que os 11 anteriores foram parciais.

A operação mobilizou 30 pessoas durante 22 horas e o paciente teve transplantada toda a pele e músculos do rosto, nariz, lábios, maxilar superior, todos os dentes, os ossos da maçã do rosto e da mandíbula, segundo o hospital.

O jovem pediu para se olhar no espelho uma semana depois da operação, o que fez reagindo com tranquilidade, segundo o médico Joan Pere Barret. Nas próximas semanas poderá começar a comer, segundo o hospital.