Apple vende 450 mil iPads desde sábado, revela Steve Jobs

Agência AFP

CUPERTINO - A fabricante de computadores Apple vendeu 450 mil iPads desde o início das vendas no sábado e os proprietários do novo tablet já baixaram 600 mil livros eletrônicos, indicou Steve Jobs, nesta quinta-feira, durante uma coletiva de imprensa.

"Nós fabricamos (os iPads) o mais rápido que podemos", sublinhou Jobs, no início da entrevista, na sede da empresa, durante a qual aproveitou para revelar a última versão do sistema operacional para o telefone multifuncional de sucesso da Apple, o iPhone.

O presidente informou também que os proprietários do iPad já haviam baixado 3,5 milhões de aplicativos entre o sábado e esta quinta.

A Apple declarou na segunda que havia vendido 300 mil aparelhos durante a primeira jornada de venda do sábado nos Estados Unidos.

O novo sistema operacional para o iPhone, a versão OS 4.0, vai permitir ao usuário rodar vários programas ao mesmo tempo, como solicitavam há muito tempo os clientes do grupo, contou Jobs.

"Não fomos os primeiros a fazer, mas seremos os melhores", afirmou.

Jobs justificou a lentidão do grupo para trazer essa possibilidade de utilizar diversas funções ou aplicativos ao mesmo tempo, explicando que isso poderia retardar outras funções e gastar rapidamente a bateria.

A empresa encontrou uma maneira de "evitar esses transtornos", prometeu Jobs.

As outras novidades englobam a possibilidade de criar listas de música no telefone, um zoom capaz de ampliar em cinco vezes a imagem na câmera, um corretor ortográfico, entre outras coisas.

O dono da Apple disse que haviam sido vendidos mais de 50 milhões de iPhones nesse dia, e 85 milhões incluindo os iPods Touch (um iPhone com todas as funções exceto as de telefonia e câmera fotográfica).