Observatório encontra monóxido de carbono e metano em Tritão

Portal Terra

SÃO PAULO - De acordo com a primeira análise de infravermelho da atmosfera da lua de Netuno, Tritão, o verão está em pleno andamento no hemisfério sul. A equipe do Observatório Europeu do Sul (ESO) usou o telescópio Very Large e descobriu monóxido de carbono e metano na atmosfera rarefeita de Tritão. Essas observações mostraram que essa atmosfera fina varia sazonalmente, condensando quando aquecida. As informações são do Observatório Europeu do Sul (ESO).

"Nós encontramos reais evidências de que a presença do Sol ainda é sentida em Tritão, mesmo que de muito longe. Essa lua gelada, na verdade, tem estações assim como temos na Terra, mas eles mudam muito mais lentamente", disse Emmanuel Lellouch, autor principal do artigo científico que detalha estes resultados na revista da especialidade Astronomy & Astrophysics.

A temperatura média na superfície de Tritão é de cerca de 235ºC, estamos atualmente no verão, no hemisfério sul, e no inverno, no hemisfério norte. Uma estação em Tritão dura um pouco mais de 40 anos, e a lua de Netuno passou o solstício de Verão do hemisfério sul em 2000. Dos 13 satélites de Netuno, Tritão é o maior, com 2,7 mil km de diâmetro (cerca de três quartos da Lua), sendo o sétimo maior satélite de todo o Sistema Solar.