Bombeiros estão de sobreaviso para atuar em incêndio na Serra do Sol

Luana Lourenço, Agência Brasil

BRASILIA - O Ministério da Justiça suspendeu o envio de 35 bombeiros da Força Nacional de Segurança para atuar no combate a incêndios na região da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima. Como os focos de incêndio foram amenizados nas últimas horas, o grupo vai ficar de sobreaviso e só viajará se a situação se agravar.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, o problema atenuou-se com as chuvas que caíram sobre a região e a atuação do Centro Integrado de Combate a Incêndio, composto por agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do governo estadual, com apoio da Força Nacional.

A causa dos incêndios são as queimadas irregulares, agravadas pela seca extrema na região nessa época do ano. Além da Raposa Serra do Sol e da Terra Indígena Yanomami, o Ibama monitora focos de incêndio próximos às florestas nacionais de Roraima e de Anauá. As queimadas ocorrem perto dos municípios de Alto Alegre, Amajarí, Cantá, Pacaraima e Mucajaí.