Atum vermelho em extinção

Jornal do Brasil

DA REDAÇÃO - A Comissão Europeia defendeu segunda-feira a inclusão do atum vermelho na lista de espécies ameaçadas de extinção, com o objetivo de proibir o comércio internacional deste peixe, muito apreciado principalmente pelos japoneses, já em 2011.

Não resta outra escolha que não seja agir agora e propor a proibição do comércio internacional do atum vermelho declarou o comissário europeu de Meio Ambiente, Janez Potocnik.

Os 27 Estados membros da União Europeia (UE) agora precisam se pronunciar sobre a recomendação de Bruxelas. Se a aceitarem, deverá ser aprovada pela Cites, organismo afiliado à ONU encarregado de proteger as espécies ameaçadas, o que equivaleria a um veto de fato sobre o comércio internacional do atum vermelho, vítima da pesca excessiva. Os japoneses consomem cerca de 80% do atum vermelho pescado em todo o planeta.

O governo japonês afirmou segunda-feira que se opõe a qualquer veto relacionado à pesca e ao comércio do atum vermelho. Entre 1957 e 2007, as reservas do peixe diminuíram 75%, segundo grupos de defesa do meio ambiente.