Paraty recebe especialistas em nefrologia do Brasil e da França

JB Online

RIO - Autoridades e médicos na área de nefrologia franco-brasileira se reúnem no Nephrologie: a Nefrologia da França no Brasil , encontro que será realizado do dia 26 a 28 de novembro, na cidade de Paraty. O evento é promovido pela Sociedade de Nefrologia do Rio de Janeiro SONERJ, em parceria com o governo do Estado do Rio de Janeiro.

No encontro, os especialistas vão projetar ações de cooperação entre nefrologistas dos dois países. Além de trocarem experiências sobre as alternativas para a prevenção das doenças renais e discutirem sobre as novas possibilidades de cura e tratamentos de pacientes com o problema.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia SBN, o número de pacientes com complicações renais cresce cerca de 8% ao ano no país. São mais de 10 milhões de pessoas vítimas da doença e desde total, 60% ainda não diagnosticaram o problema. Em casos crônicos, as complicações podem levar à perda do rim e até a morte do paciente.

No Brasil, calcula-se que já foram realizados 25 mil transplantes de rins. No entanto, a fila de pessoas que aguardam por um transplante do órgão cresce a cada ano. Com a intenção de diminuir a fila, será assinado durante o evento um contrato com a SONERJ para a implantação de um programa para o Estado do Rio de Janeiro que é pioneiro no país. O acordo firmado com a ONG internacional Donor Action Foundation, prevê uma rotina de acompanhamento dos óbitos em UTIs de hospitais públicos e privados, para verificação de possíveis perdas de doadores potenciais. Com atuação na França, Bélgica, Espanha, Escandinávia e em parte do Leste Europeu, a organização conseguiu um aumento de cerca de 60% no índice de doações efetivas.

Outra novidade do encontro é a participação do modelo e ator Paulo Zulu, que vai fazer um talk show sobre benefícios de uma boa alimentação para a prevenção de problemas renais. O artista mantém a boa forma com uma nutrição a base de alimentos frescos e a baixa ingestão de carnes. A proteína encontrada na carne animal é um dos principais fatores responsáveis para o desenvolvimento de complicações durante o processo de filtragem sanguínea dos rins. A ingestão excessiva de sal, o uso indiscriminado de anabolizantes, diuréticos e antiinflamatórios também podem causar problemas à saúde renal.