Web 2.0 Summit nos EUA discute produção coletiva na internet

Portal Terra

SÃO PAULO - Debater formas de aprimorar o uso de ferramenteas e princípios da Web 2.0 para otimizar os negócios. Esse é um dos principais objetivos da sexta edição do Web 2.0 Summit, que tem início nesta terça-feira e segue até o dia 22 de outubro, em São Francisco, nos Estados Unidos.

Os caminhos percorridos pela Web 2.0 - a qual se fundamenta em uma ideia interativa, de que o usuário participa da criação do conteúdo para a rede - ao longo dos anos serão temas de conversas durante o evento.

Tais perspectivas sobre o futuro da web e modelos de investimentos serão apresentadas por executivos como Tim O¿Reilly, fundador da O'Reilly Media, e o jornalista e fundador da Federated Media Publishing, John Batelle.

O evento pretende levantar também reflexões a respeito da chamada Web Square, que defende a construção coletiva da rede, valorizando a força dos movimentos soiciais na rede.

"Quando estreou o evento há seis anos, nosso tema foi "A web como plataforma". Agora vemos a criação de um novo ecossistema mais robusto, capaz de realizar o verdadeiro potencial da web", diz o texto de apresentação no site oficial do encontro.

Seguindo esse viés, assuntos como banda larga, busca, abertura de códigos, redes sociais, construção de conteúdo, além dos efeitos da recessão no país e no setor da tecnologia serão apresentados no encontro.

Os participantes poderão conversar ainda com o inventor do World Wide Web e diretor do World Wide Web Consortium, Tim Berners Lee.

Confira a programação completa no site oficial do do Web 2.0 Summit(www.web2summit.com/web2009).