Médicos fazem protesto na Câmara dos Deputados

JB Online

BRASÍLIA - Um protesto na Câmara dos Deputados, em Brasília, com a participação de cerca de 100 médicos, chamará a atenção dos parlamentares e do governo para os problemas que a população enfrenta no atendimento pelo Sistema Único de Saúde. O ato em defesa do SUS será realizado nesta quarta-feira, dia 21, no anexo IV da Câmara, às 9 horas, e marca a semana em que se comemora o Dia do Médico (18 de outubro).

A manifestação faz parte de um amplo movimento que as entidades médicas nacionais Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Médica Brasileira (AMB) lançaram em defesa do SUS e pela melhoria do atendimento aos usuários da rede pública de saúde.

O objetivo é chamar a atenção da sociedade e cobrar das autoridades uma solução emergencial para a situação cada vez mais caótica verificada nos hospitais da rede pública de saúde, em todo o país, que inclui más condições de trabalho para os profissionais por conta da falta de material e medicamentos, equipamentos sucateados, falta de leitos, baixos salários e quantidade insuficiente de profissionais para atender uma demanda cada vez mais crescente, entre outros.