Porta-voz esclarece 'bloqueio' do Twitter na Casa Branca

Portal Terra

WASHINGTON - Na última sexta-feira, o secretário de imprensa da Casa Branca, Robert Gibbs, ao afirmar em uma entrevista televisiva que o Twitter estaria bloqueado nos computadores da residência oficial do presidente dos Estados Unidos, provocou uma confusão entre os internautas, já que o governo americano utiliza ativamente a rede de microblogs para divulgar ações e atividades. Nesta segunda-feira, um porta-voz da Casa Branca, Bill Burton, veio a público para esclarecer que os perfis do governo no Twitter são alimentados por uma equipe especializada que possui acesso exclusivo ao site.

Burton esclareceu, em entrevista ao site Media Ite, que a equipe de Novas Mídias, responsável pela alimentação dos perfis da Casa Branca nos sites Twitter e Facebook, é coordenada por dois diretores que trabalham no Eisenhower Executive Office Building, prédio localizado ao lado da Casa Branca, em Washington. Também explicou que os sites de redes sociais estão realmente bloqueados para a maior parte dos funcionários do governo americano por questões de segurança e que a equipe de Novas Mídias possui um acesso especial.

Na última sexta-feira, o secretário de imprensa da Casa Branca declarou que o acesso ao Twitter estava bloqueado nos computadores do governo e que não sabia a razão exata deste bloqueio. - Por alguma razão, o Twitter está bloqueado nos computadores da Casa Branca - afirmou Gibbs em uma entrevista à CNN. - Já fico o suficiente à frente das câmeras, penso que as pessoas sabem bem o que estou fazendo, menos Twittering - acrescentou, ao justificar porque não possuía um perfil no Twitter.