Saúde aprova recursos para aquisição de medicamentos de uso contínuo

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Ministério da Saúde aprovou a liberação de recursos para repassar aos estados e ao Distrito Federal. A portaria que autoriza o repasse está no Diário Oficial da União desta sexta-feira. O dinheiro equivale à reposição do que foi gasto por cada estado na aquisição de medicamentos durante os meses de julho, agosto e setembro.

Os valores são calculados com base nas informações repassadas pelos estados e pelo Distrito Federal a cada trimestre e cobrem 80% do valor gasto por cada um deles na compra de medicamentos. São remédios de altíssimo custo, usado no combate e acompanhamento de doenças crônicas, como tuberculose, hanseníase e DST/aids, além das endemias focais, como malária, leishmaniose e cólera.

O valor do repasse para o Acre foi definido com base em pendências do semestre passado e, por isso, teve descontos. Já para os estados de Alagoas, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Minas de Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Roraima e São Paulo o valor de julho foi ajustado a mais para complementar o valor repassado no segundo trimestre.