Temporão confirma 11 mortes e Brasil como 8º país onde a gripe circula

JB Online

DA REDAÇÃO - Com a confirmação de mais cinco mortes nessa tarde de quinta-feira e um total de 11 óbitos no país, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, admitiu que o país passou a ser o oitavo no mundo a ter o vírus da gripe suína circulando em seu território. Os outros sete são EUA, México, Argentina, Austrália, Chile, Canadá e Reino Unido. Até a tarde dessa quarta-feira eram 1.175 casos no Brasil.

Segundo Temporão, o Brasil tomou, três semanas antes, as medidas anunciadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de que deveria haver tratamento diferenciado entre os contaminados por gripe comum e pela suína.

- Serão tratadas todas as pessoas que apresentarem febre elevada, tosse, dor de garganta e sentirem falta de ar. Isso é independente do resultado. Mas com o exame podemos monitorar a doença, e separar quem tem gripe comum e quem tem a nova gripe esclareceu o ministro, que anunciou a compra de 800 mil antivirais que começam a chegar ao país essa semana.

Os laboratórios para serem realizados os exames são escassos no Brasil. Apenas três unidades possuem capacidade de diagnóstico, informou Tempoão, ressaltando que não existe resultados rápidos, de horas .

- Nós temos 68 hospitais de referência para o tratamento, com mais de 1000 leitos de internação. Temos estoque suficiente.

O ministro também recomendou alguns cuidados à população, como lavar bem as mãos constantemente, proteger o nariz e a boca ao tossir. Temporão tentou tranquilizar a população, avisando que dos 1.175 casos dignosticados no país, a maioria já está em casa, voltou ao trabalho e passa bem