Novo informe da OMS indica que gripe suína já matou 429 pessoas

Agência Brasil

BRASÍLIA - A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira que chega a 94.512 o número de casos confirmados de influenza A (H1N1) gripe suína. Ao todo, 429 pessoas morreram vítimas da doença, que já atingiu 135 países.

Foram confirmados 4.591 novos casos desde a última sexta-feira, quando havia 89.921 ocorrências. O maior número de pessoas infectadas está nos Estados Unidos (33.902), no México (10.262), no Canadá (7.983), no Reino Unido (7.447) e no Chile (7.376).

A Argentina registrou o maior número de novos casos (898), segundo o boletim, e os Estados Unidos permanecem com o maior número de mortes 170.

No Brasil, o Ministério da Saúde registrou ontem 73 novos casos de gripe suína 885 no total. As maiores incidências estão em São Paulo (399), no Rio Grande do Sul (104), no Rio de Janeiro (91) e em Minas Gerais (90).