Familiares usam máscaras em velório de vítima da gripe no RS

Portal Terra

PORTO ALEGRE - A primeira vítima fatal da gripe suína no Brasil foi velada na tarde de ontem em Erechim (RS). Durante o velório, a maior parte dos parentes e amigos usava máscaras de proteção. As informações são do jornal Zero Hora.

Ainda de acordo com o jornal, após as 20h, a Secretaria Municipal da Saúde determinou que apenas pessoas com suspeita de ter o vírus poderiam entrar no velório. O homem deve ser sepultado nesta manhã.

Segundo o secretário de Saúde do Rio Grande do Sul, Osmar Terra, o primeiro caso de morte confirmada no país é de um caminhoneiro de 29 anos que pegou a doença na Argentina no dia 15 de junho. Ele voltou para o Brasil no dia 19 e procurou um médico no dia 20, sendo internado em Erechim cinco dias após a contaminação.

No dia 23, o paciente foi transferido para um hospital em Passo Fundo. O estado de saúde do homem piorou e ele chegou a entrar em coma. A morte foi registrada às 10h do dia 28. Toda a família do caminhoneiro está sob observação.